Carros

Tesla e seus Carros elétricos e autônomos: conheça mais sobre eles

Em 2008 o primeiro modelo de carro elétrico da Tesla surgiu, o Roadster que utilizava carroceria Lotus com uma adaptação de um motor completamente elétrico, tendo o grande desafio de acompanhar marcas mais consolidadas no ramo automotivo.

Fundada no ano de 2003, a Tesla surgiu na Califórnia, em Palo Alto. Logo em um curto tempo após sua criação, Elon Musk entrou para a organização devido sua fama como cofundador do PayPal.

A Tesla teve sua origem no setor de tecnologia, não possuindo tradicionalidade e experiência na fabricação de veículos para bater de frente com marcas como Volkswagen e Ford, precisando evoluir rapidamente com a inovação de carros elétricos e autônomos.

Tesla e os carros autônomos

Mesmo sendo a marca novata que entrou com a proposta de vender veículos elétricos, a Tesla aos poucos foi conquistando espaço, se destacando pelo fator de alto luxo e tecnologias únicas como a segurança e o Autopilot.

O diferencial da Tesla não está atribuído apenas em serem veículos elétricos, mas também por possuírem diversas funcionalidades de assistência para a direção segura.

Em termos técnicos, os veículos ainda não são totalmente autônomos, sendo considerados como semiautônomos pela escala feita pela Sociedade de Engenheiros da Mobilidade (SAE).

Sistema Autopilot Tesla
Tesla Sistema Auto Pilot

Porém, o pacote de recursos Autopilot que acompanha os veículos da Tesla inclui diversas câmeras, radares e sensores sensíveis que conseguem detectar objetos, obstáculos e veículos que os circundam, assim como pedestres.

O sistema consegue até mesmo detectar placas e faixas de limite nas vias, garantindo com que os carros com esses recursos possam realizar ações como manter a velocidade e até mesmo frear de forma automática se necessário.

Nas faixas que são muito delimitadas, é possível que os veículos se mantenham dentro da via automaticamente, realizando correções ao volante e auxiliando o motorista na mudança correta de faixas.

As funções do Autopilot não param por ai, tendo entre suas funcionalidades até mesmo a navegação, onde após uma rota determinada é possível com que o veículo entre em rodovias, troque faixas, atravesse cruzamentos e sugira melhores rotas ao motorista.

Além disso, até mesmo o estacionamento automático faz parte das funções desse recurso inovador, estacionando de forma automatizada veículos em vagas que sejam perpendiculares ou paralelas.

Esse sistema ainda recebe atualizações, onde mesmo que o modelo seja anterior a uma nova funcionalidade ele poderá mesmo assim desfrutar de novos recursos.

Vamos agora observar os principais modelos da Tesla:

Roadster: o primeiro modelo

Tesla Roadster – Fonte: Wikipedia

O carro esportivo Roadster foi lançado em 2008 por US$ 112.000 e construído utilizando a estrutura de um veículo da marca Lotus, com a adaptação de motor elétrico. A sua velocidade máxima é de 201 km/h e possuía câmbio manual.

Atualmente esse sistema de câmbio se dispensa em carros elétricos por conta da forma no qual o motor é estruturado, possuindo torque imediato. Porém, naquele período o câmbio manual havia sido instalado nos protótipos dos primeiros modelos da marca.

Sua transmissão é diferente dos veículos convencionais de combustão, com uma velocidade que alcança até 105 km/h e outra que alcança a velocidade de 200 km/h aproximadamente, possuindo um motor de 251 cavalos.

Tesla Model S

Tesla Model S – Fonte: Flickr

O segundo carro da marca, Model S, foi lançado em 2012 por US$ 79.000 e anunciado no mesmo ano do Roadster, sendo uma das melhores vendas da Tesla.

Esse veículo sedã possui dois motores posicionados em cada eixo e na sua versão Performance (custando US$ 99.990) ele alcança rapidamente 96 km/h, em praticamente 2,4 segundos. Sua velocidade máxima é de 249 km/h na versão base e 262 km/h na Performance.

Tesla Model X

Fonte: Canal Oficial da Tesla

Primeiro SUV lançado pela Tesla, o Model X teve seu lançamento em 2015 pelo valor de US$ 84.990 possuindo espaço para sete ocupantes e função de bancos que podem se dobrar para aumentar o espaço para carga.

Esse modelo tem a capacidade de rebocar até 2.268 quilos, velocidade total de 249 km/h, dois motores elétricos posicionados em cada eixo, tração integral e suspensão a ar adaptativa.

Suas portas traseiras são “falcon wing”, modelo de porta automotiva que abre para cima pensada para ser aberto em espaços mais estreitos. Sua versão Performance consegue atingir 96 km/h em 2,7 segundos e possui velocidade máxima de 262 km/h, custando US$ 104.990.

Tesla Model 3

Lançado no ano de 2017, o Model 3 é um dos modelos mais econômicos da marca, custando US$ 38.990 e possui uma grande polêmico em volta desse veículo.

Com entregas adiadas e uma promessa de valor de lançamento de US$ 35.000 que não foi cumprida, compradores acabaram desistindo do negócio no momento de pré-venda. Nesse momento a Tesla teve problemas para suprir as demandas de produção, ocasionando no atraso e na mudança de preço.

Mesmo com as polêmicas, o veículo entrou como um dos carros mais vendidos no Reino Unido em agosto de 2019. Entre suas características, o veículo consegue alcançar 96 km/h em até 3,2 segundos e possui velocidade máxima de 261 km/h.

Tesla Model Y

Tesla Model Y
Tesla Model Y – Fonte: Flickr

O segundo SUV da marca Tesla, o Model Y, teve seu lançamento em 2019 e produção na Califórnia em 2020 com a promessa de ser um veículo com as funcionalidades de um SUV, mas com a performance de um veículo esportivo.

Seu valor de entrada foi de US$ 39.990 e possui como base o Model 3. Disponível em três versões, todas com bateria elétrica de 75 kWh, a sua versão Performance chega a até 241 km/h e possui desempenho similar ao Porsche Macan Turbo.

O retorno do Roadster

Tesla Roadster 2020
Tesla Roadster 2020 – Fonte: Site Oficial Tesla

A próxima promessa da Tesla que já foi adiada algumas vezes será o retorno do Roadster, que chegará a 96 km/h em apenas 1 segundo e será uma inovação em performance e velocidade, utilizando propulsores da SpaceX.

O veículo terá três motores, sendo dois posicionados na parte traseira e um na dianteira, com uma bateria de 200 kWh que irá garantir autonomia para 997 km, possuindo tração integral.

Por conta da escassez na cadeia de suprimentos devido ao desabastecimento de chips semicondutores, de extrema importância para o setor automotivo, o veículo foi adiado para o ano de 2023.

Quer saber sobre mais novidades e curiosidades automotivas? Então é só clicar aqui e se aventurar com esse universo incrível!

Promos Retornar
Artigos relacionados
Carros

Fiat Strada 2023: preços e versões

1 Mins de leitura
Strada 2023: venha saber mas detalhes de como será o novo modelo da picape da Fiat. Veja fotos e saiba quais os preços e versões clicando aqui
Carros

Shineray JEF 150: a chinesa que veio competir com a Honda

1 Mins de leitura
Shineray JEF 150: a chinesa que veio competir com a Honda já está disponível e com um preço certo para competição. Clique para saber mais!
Carros

Chinesa BYD vende todas as unidades de lançamento do seu primeiro sedan elétrico de luxo no Brasil

1 Mins de leitura
O lote de pré-venda esgotou em apenas 30 dias após o anúncio das 50 unidades disponíveis O Han EV, sedan elétrico de luxo da montadora chinesa BYD, foi anunciado oficialmente para o mercado nacional no…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

×
Carros

Chinesa BYD vende todas as unidades de lançamento do seu primeiro sedan elétrico de luxo no Brasil