Carros

Raridade: Shelby GT500 é colocado à leilão nos EUA, veja fotos

Uma verdadeira lenda dos asfaltos, o famoso Shelby GT500 em raríssimo estado de conservação irá a leilão nos Estados Unidos.

Para quem não conhece, o famoso Mustang de 1968, foi o que teve o maior número de cilindradas com o nome Shelby. Seu motor Cobra JET V8 com capacidade para 7,0 litros consegue atingir mais de 335 cv.

Curiosidades sobre o Shelby GT500

Shelby GT500
King of the Road – crédito de imagem: Mecum Auctions

Além de ficar muito conhecido graças ao seu papel como “Eleanor” no filme de Nicholas Cage “60 Segundos”, algumas outras curiosidades sobre este Mustang irão te surpreender.

Continue lendo para saber mais sobre o Mustang Shelby GT500 colocado à leilão:

  • Carroll Shelby, fundador da Shelby American, foi abordado por Lee Lacocca, empresário do ramo automobilístico e também gerente geral da divisão Ford, em 1964, para produzir uma versão de alto desempenho do então novo Mustang para elevar a posição do carro na comunidade de carros esportivos.
  • Shelby desenvolveu o GT350, um Mustang com uma série de modificações no motor, suspensão, frenagem e redução de peso. Foi oferecido como um carro de teste legalizado para fins de homologação sendo disputado na Classe B de Produção do Sports Car Club of America (SCCA).
Shelby GT500
King of the Road – crédito de imagem: Mecum Auctions
  • Shelby e sua equipe desenvolveram uma versão de alto desempenho do fastback 289 V8 Mustang, eles o venderam para os consumidores para homologar e o levaram para competir na Classe B de Produção do Sports Car Club of America (SCCA), onde venceu o campeonato em seu primeiro ano, dominando a temporada de 1965, superando carros como o Chevrolet Corvette, Jaguar E-Type, Sunbeam Tiger e várias Ferraris. Isso estabeleceu a reputação de desempenho do Shelby Mustang.

O Mustang GT350 foi o primeiro a levar o nome Shelby

  • Em 1967, o novo Shelby GT500 foi alimentado pelo V8 com mais de 428 polegadas cúbicas, oferecendo mais de 335 cv. Décadas depois, a Ford traria o modelo de volta, baseando-o na produção moderna do Mustang.

Carroll Shelby e o Mustang

Segundo a história, Carroll Shelby não estava muito interessado na ideia de construir uma versão de desempenho para o novo Ford Mustang quando foi abordado pelo gerente geral da divisão da Ford, Lee Lacocca, em 1964.

King of the Road
Se você olhar com cuidado, verá as tampas das válvulas de alumínio com letras em relevo que dizem “Cobra Le Mans”, que o identifica como um Cobra Jet V8, o que significa que este é um GT500 KR “Rei da Estrada”. Crédito de Imagem: Mecum Auctions

Naquela época, Shelby estava ocupado construindo o Shelby Cobra, um carro que ele desenvolveu combinando um Ford V8 de 289 polegadas cúbicas com um carro esportivo leve AC Ace da Inglaterra.

Depois de muito considerar, Shelby concordou com a proposta de Lacocca, tanto porque ele precisava manter a Ford ao seu lado para eles continuarem fornecendo motores a ele, quanto porque esses novos “Shelby Mustangs” adicionariam um capital muito necessário aos balanços da Shelby American.

Shelby King of the Road
Frenteira do Shelby. Crédito de imagem: Mecum Auctions

Em 1967, a Ford lançou um Mustang totalmente novo com um design de carroceria atualizado e um compartimento de motor maior que foi desenvolvido especificamente para acomodar o Ford V8 428 de 7,0 litros.

A Shelby American desenvolveu sua própria versão e a chamou de GT500, rotulado como o “Rei da Estrada” no período, com o nome do modelo muitas vezes escrito como GT500 KR para enfatizá-lo.

A primeira geração de Shelby Mustangs teve produção encerrada após 1970 devido à queda da popularidade dos muscle cars e a busca do governo federal em melhorar a segurança e nas emissões dos veículos.

O Shelby GT500 “Rei da Estrada”

O Shelby GT500 apareceu pela primeira vez no ano modelo de 1967, a Ford desenvolveu um Mustang atualizado com uma carroceria totalmente nova e um pouco maior do que antes, agora com espaço sob o capô para um de seus maiores V8 de 428 polegadas cúbicas.

O GT500 recebeu peças leves de fibra de vidro, incluindo a frente, o capô, o painel da lanterna traseira e a tampa do deck, a extensão do painel lateral e as conchas laterais na frente das rodas traseiras.

Interior do Shelby
Interior original do Shelby. Crédito de imagem: Mecum Auctions

O carro foi originalmente equipado com o Ford FE de 428 polegadas cúbicas, Police Interceptor V8, equipado com uma entrada de alumínio fundido de altura média e dois carburadores Holley 600 CFM de 4 barris.

O motor produziu 355 cv a 5.400 rpm com 420 lb ft de torque a 3.200 rpm. Em 1968 os carros passaram a receber o V8 “Cobra Jet”. Eles podem ser identificados por suas tampas de válvulas de liga fundida com letras em relevo que dizem “Cobra Le Mans” como uma referência ao Ford GT40 com motor FE que dominava as 24 Horas de Le Mans na época.

Esses carros foram, posteriormente, equipados com o Cobra Jet V8 e receberam o nome de modelo ligeiramente modificado Shelby GT500 KR, para “Rei da Estrada”.

O 1968 Shelby GT500 que irá à leilão

O carro que você vê aqui é um Shelby GT500 KR de 1968, equipado com o desejável 428 Cobra Jet V8 produzindo 335 cv e 440 lb ft de torque, e a potência é enviada para as rodas traseiras através da transmissão automática C6 opcional.

ar condicionado
Detalhes originais. Crédito de Imagem: Mecum Auctions

Este GT500 está listado no Shelby Registry, possui ar condicionado, coluna de direção inclinável, rodas Shelby de 10 raios e relação de eixo de 3,20.

Foi restaurado em 2001 e ainda parece estar em excelente estado.

Pintura finalizada em vermelho com listras brancas de Shelby e tem um interior bege.

E o mais incrível, ele foi disponibilizado à Mecum para leilão este mês! Para saber mais detalhes do leilão é só acessar esta página: Mecum.

Confira a galeria do Shelby GT500:

UM CLÁSSICO NA SUA GARAGEM

Aqui na Retornar, falar de carros clássicos não é trabalho, é PAIXÃO!

E queremos dividir essa paixão com você sempre, por esse motivo, trouxemos um clássico muscle car que pode ir para na sua garagem.

O Dodge Charger RT!

Estamos falando de um carro que foi inspirado no modelo Coronet. Mas a diferença e característica lendária, até então, única, foram os faróis dianteiros duplos circulares. Ficou curioso para saber mais detalhes sobre esse muscle car?

Então da uma olhada no Dodge Charger RT da Retornar:

  • MOTOR 318 V8
  • POTÊNCIA DE 210 CV
  • DIREÇÃO HIDRÁULICA
  • TETO DE VINIL
  • CÂMBIO MANUAL DE 4 MARCHAS
  • INTERIOR MONOCROMÁTICO
  • BANCOS EM COURO
  • AR-CONDICIONADO

JÁ SABE COMO PARTICIPAR?

É muito simples! Para concorrer a este Dodge Charger RT basta comprar nossos eBooks. Eles são produzidos com muito carinho para manter a sua paixão por carros, ainda mais forte!

Nele contém histórias, curiosidades e uma galeria extensa com imagens lindas.

Clique no banner aqui embaixo para comprar o seu eBook e concorrer a esta verdadeira lenda do asfalto! Mas não demore, o tempo está acabando!

dodge da retornar

Este Dodge Charger RT pode ser seu

Compre o eBook por apenas R$50,00 e concorra ao Dodge da Retornar

Promos Retornar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.