Instituto Retornar

Educação musical para transformar vidas

Que a música tem o poder de transformar um ambiente, deixar um clima mais agradável, tocar nosso coração e muitas vezes, transformar vidas, ninguém duvida, não é mesmo? Por isso, vamos falar sobre mais um projeto lindo e uma parceria  para alegrar os nossos corações. Com o objetivo de formar uma orquestra de música clássica erudita com crianças e jovens de 6 a 18 anos, nasceu o Projeto Pequenos Gigantes, em Caculé, na Bahia.

No projeto, os pequenos aprendem violino, viola, violoncelo, violão, contrabaixo, entre outros instrumentos, em todos os níveis técnicos. Além das aulas de música, o projeto oferece às crianças reforço escolar, curso de inglês e uma mini biblioteca, a fim de despertar sonhos e grandes viagens através da leitura.

Projeto Pequenos Gigantes
Retornar faz doação de instrumentos musicais para as aulas do Projeto Pequenos Gigantes, na Bahia

A Retornar acredita nesse poder de transformação da cultura e da arte, por isso apoia instituições que lutam por essas causas. Para ajudar esse sonho se tornar realidade, doamos alguns instrumentos musicais. No total foram 37 flautas, 4 violinos e 10 violões.

Aluno aprendendo Violino
Projeto Pequenos Gigantes ensina música erudita para crianças e jovens

Seguimos transformando vidas e contribuindo para um futuro melhor às nossas crianças!

Assista o vídeo para conhecer um pouco mais sobre essa história.

Promos Retornar
Artigos relacionados
Carros

Honda Civic e:HEV: o novo hibrido

1 Mins de leitura
Honda Civic e:Hev – o novo hibrido que promete causar uma grande economia no seu bolso. Mas é só na gasolina mesmo. Venha entender mais!
Carros

Ford Mustang (1964-1973): conheça a história, versões e curiosidades

4 Mins de leitura
Ford Mustang: conheça muito mais sobre o primeiro muscle car da história e diversas outras curiosidades, Clique aqui e saiba mais.
Carros

7 Galo: o prêmio de duas rodas

2 Mins de leitura
7 Galo: conheça mais sobre a moto que causou um verdadeiro frenesi no período pós ditadura. Clique aqui e saiba mais.