fbpx
Carros

Carros turbo: como a tecnologia evoluiu e transformou a indústria automotiva

A indústria automotiva tem uma longa história de uso de turbocompressores em carros de alta performance. Desde a década de 1960, os fabricantes de automóveis vêm empregando turbocompressores para aumentar a potência dos motores. No entanto, as tecnologias utilizadas nos carros turbo do passado diferem bastante das encontradas nos modelos atuais. Neste artigo, faremos uma comparação entre as tecnologias dos carros turbo do passado e as dos modelos atuais, enfatizando a confiabilidade atual.

Como era no passado?

Turbo do antigo Marea. Divulgação OLX
Turbina do antigo Marea. Divulgação OLX

Nos carros turbo do passado, a tecnologia utilizada era mais simples e menos eficiente do que a dos modelos atuais. O turbocompressor era acionado por uma válvula que abria quando o motor atingia uma determinada rotação, aumentando o fluxo de ar para o motor. Esse sistema causava o que chamamos de “turbo lag”, pois havia um atraso significativo entre a aceleração do motor e a resposta do turbocompressor.

Além disso, os carros turbo do passado tinham problemas de confiabilidade, especialmente com relação à durabilidade do turbocompressor, que tendia a falhar com mais frequência devido à falta de tecnologia de resfriamento adequada. Outro fator que comprometia a durabilidade do sistema era o seu ajuste totalmente voltado para a performance, sem pensar em economia e eficiência.

O que mudou atualmente nos carros turbo?

Turbos atuais da Volkswagen. Americanas
Turbinas atuais da Volkswagen. Americanas

Já os carros turbo de hoje possuem tecnologia muito mais avançada e eficiente. A tecnologia atual permite que o turbocompressor responda instantaneamente, eliminando o “turbo lag” do passado. Isso é possível graças a sensores de pressão que monitoram constantemente a pressão do ar na admissão do motor e desse modo, ajustam a pressão do turbo em conformidade.

Além disso, os motores modernos são projetados para suportar a pressão do turbo e a configuração do sistema de gerenciamento de motor é mais refinada, o que reduz o estresse no motor e na transmissão.

Concluindo

Motores novos precisam de cuidado constante, independentemente da presença da turbina. Autopapo
Motores novos precisam de cuidado constante, independentemente da presença da turbina. Autopapo

Sendo assim, graças aos avanços tecnológicos, os carros turbo de hoje são muito mais confiáveis do que os modelos do passado. Os turbocompressores são mais duráveis e eficientes, e os motores são projetados para suportar a pressão do turbo. Além disso, o sistema de gerenciamento do motor é capaz de monitorar constantemente o desempenho do turbo, o que ajuda a prevenir falhas prematuras. No entanto, é importante lembrar que a manutenção regular do veículo é essencial para garantir um desempenho confiável, incluindo a troca regular de óleo e a verificação do sistema de resfriamento geral.

Camionetes Retornar

Você com o Carro dos Sonhos!

Compre o seu E-book!

Artigos relacionados
Carros

Fases do Fusca: Da Era Clássica ao Beetle Moderno

3 Mins de leitura
Saiba tudo sobre as fases do Fusca, do design original às versões modernas do Beetle.
Carros

5 Carros Mais Populares do Brasil

7 Mins de leitura
Descubra os 5 carros mais populares do Brasil em 2024: Volkswagen Polo, Chevrolet Onix, Hyundai HB20, Chevrolet Onix Plus e Fiat Mobi.
CarrosNotícias sobre o Mundo Automotivo

Carros Mais Potentes Até 200 Mil em 2024

3 Mins de leitura
Encontre os carros mais potentes até 200 mil reais em 2024! Saiba mais sobre os modelos e como a relação peso/potência influencia no desempenho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *