fbpx
Carros

Fora de linha: saiba quais carros tiveram curta passagens pelo Brasil

Venha relembrar quais foram os carros lançados no Brasil, mas que ficaram fora de linha rapidamente.

Quando uma empresa planeja e desenvolve um automóvel, a intenção é que ele alcance um número grande de vendas, mas também tenha uma vida longa e de sucesso.

Entretanto, nem sempre isso acontece, fazendo com que algumas dessas opções deixem o mercado precocemente.

Um dos principais motivos que permite um carro ter essa longevidade, é sua aceitação comercial, ou seja, a sua capacidade de ganhar os corações dos consumidores, mas nem todos conseguem alcançar esse quesito, principalmente, no Brasil.

Então, separamos alguns exemplos dos carros que ficaram fora de linha cedo aqui no nosso país, por isso, continue a leitura até o final para saber mais sobre o assunto.

1. Fiat Brava

Fora de Linha - Brava
Fiat Brava (crédito de imagem: Felipe Rau/Estadão)

Para dar início a essa lista de carros fora de linha, citamos o Fiat Brava, que teve sua chegada ao Brasil em 1999, porém esse automóvel já estava na Europa há quatro anos.

De início, o seu design conquistou o interesse de muitos, pois possuía faróis mais estreitos, uma carroceria com modelo mais arredondado, além de possuir lanternas na parte traseira filetadas.

Mesmo assim, o Fiat Brava não conseguiu ficar no mercado por um longo período, por isso, em 2003 se tornou “fora de linha“.

Um dos principais pontos que impediram o sucesso desse modelo, foi devido ao seu atraso para chegar ao mercado automobilístico brasileiro.

Isso porque, a Volkswagen e Chevrolet, na mesma época, já tinham dado início à comercialização das novas gerações do Astra e Golf.

2. Fiat Oggi

Fora de Linha - Oggi
Fiat Oggi (crédito de imagem: Renato Bellote/Portal iG)

Outro carro que teve uma vida curta, até mesmo menor que a do Fiat Brava, foi o Fiat Oggi. Seu lançamento foi em 1983 e teve fim em 1985. Pouquíssimo tempo, na verdade. Naquele ano, teve a apresentação do carro que seria o seu sucessor, o Prêmio, que teve o Uno como a principal inspiração.

Mas, um dos principais motivos que influenciaram em sua saída de linha rapidamente, foi a Fiat ter demorado bastante tempo para lançá-lo no mercado, sendo o último automóvel da linha 147 que foi produzido.

3. Chevrolet Omega Suprema

Fora de Linha - Suprema
Omega Suprema (crédito de imagem: Divulgação portal iG)

A princípio, o Chevrolet Omega Suprema teve uma vida curta também, porém, algumas pessoas estabelecem como injustamente, pois esse automóvel apresentava todas as características técnicas iguais à perua Suprema, estabelecido como o carro mais sofisticado da época.

Contudo, todas essas características não foram suficientes para manter o Omega em linha por bastante tempo, se tornando então, fora de linha em 1996.

Além de tudo, alguns consumidores afirmam que o design do Omega lembrava bastante um carro funerário, por isso tantas críticas e um dos motivos para ter saído de linha rapidamente.

4. Chevrolet Vectra GT

Fora de Linha - Vectra
Chevrolet Vectra GT (crédito de imagem: Milene Rios/ Estadão)

Quando o assunto é o Chevrolet Vectra GT, quase sempre algumas pessoas lembram dele apenas na forma de sedã. Pois, esse modelo no Brasil, foi a única opção de carroceria em relação às duas primeiras gerações no país.

Apenas no terceiro momento, foi que esse modelo adquiriu a configuração hatch, nomeada de GT pelo produtor, por mais que não tivesse características esportivas.

Entretanto, diante dos olhos dos consumidores, essa ação não teve diferença, pois a sua duração foi de 2007 até 2011.

Porém, um dos principais motivos que fizeram o carro se tornar fora de linha rapidamente foi por ser oferecido no Brasil simultaneamente, do seu antecessor, pois além de possuir a mesma mecânica, era oferecido em uma quantia menor.

5. Renault Symbol

Fora de Linha - Symbol
Renault Symbol (crédito de imagem: Site Oficial Renault)

O Renault Symbol possuía um posicionamento diferente no mercado, pois além de ser um modelo considerado menor que o Logan, era comercializado com preços mais altos.

A fabricante tinha como justificativa, o acabamento do Renault sendo mais sofisticado e os motores 1.6.

Contudo, a sua produção não deu certo, que foram iniciadas em 2009 e finalizadas em 2013.

6. Volkswagen Variant II – fora de linha e raridade

Diferente do Volkswagen Variant I, que teve uma duração no mercado de produção de aproximadamente sete anos e grandes números de vendas, o Variant II, não alcançou o mesmo sucesso.

Esse modelo também era conhecido por ser a segunda geração da perua, possuindo uma duração de 1977 até a metade do ano de 1980.

Não chegou a completar quatro anos de produção.

Confira algumas imagens desse carro:

Em geral, os motivos que levaram o Variant II a ficar fora de linha, foi por ser produzido com uma aparência próxima a da Brasília, sendo menor e com valor mais em conta, e por a Volkswagen optar pelo uso do motor 1.600, que na época já era considerado retrógrado.

Atualmente, esse modelo é considerado um dos mais raros da marca Volkswagen.

7. Volkswagen 1.600

Fora de Linha - 1600
Volkswagen 1.600 (crédito de imagem: Acervo Volkswagen/ VadRetro)

Em 1968, teve início a produção do Volkswagen 1.600, porém ficou bastante marcado devido aos seus números baixos de venda.

Isso porque, esse modelo foi rejeitado por muitos consumidores dos anos 60.

O seu design foi projetado com linhas quadradas, e possuía maçanetas em alça, assim, muitos apelidaram o carro de “Zé do Caixão”.

Fora de Linha
Volkswagen 1.600 (crédito de imagem: Acervo Volkswagen/ VadRetro)

Desta forma, ele se tornou fora de linha em 1971, com apenas três anos no mercado automobilístico brasileiro.

Mas, esse automóvel não foi um fracasso total, pois alguns taxistas se interessaram no modelo, devido a opções 4 portas.

Atualmente, esse carro é desejo de muitos colecionadores, acredita-se que é pelo seu “toque” retrô.

8. Dodge Dakota

Fora de Linha - Dakota
Dodge Dakota (crédito de imagem: Portal Autoesporte)

No Brasil, a trajetória da Chrysler foi marcada por algumas oscilações.

Nos anos 60, a empresa se estabeleceu no país pela primeira vez, tendo o fim em 1981. Contudo, em 1999 ela retornou com a intenção de produzir a picape Dakota.

Porém, mais uma vez a empresa não alcançou o sucesso esperado, pondo um fim na sua atividade no território brasileiro em 2001.

Por mais que os números de vendas do carro não tenham sido tão baixos, nessa época, o país teve que enfrentar uma difícil crise.

Por esse motivo, o setor automobilístico lidava com uma escassez nos números de vendas.

Assim, a empresa optou por fechar ao invés de realizar novos investimentos.

Confira a propaganda que circulou sobre o Dakota:

Fora de linha, sim, esquecidos jamais!

Em suma, o setor automobilístico brasileiro é rico em diversos modelos de automóveis, que de alguma forma entram para a história, com isso, se tornam inesquecíveis, principalmente, para aqueles apaixonados pelo setor.

E por aqui, fazemos questão de relembrar com carinho cada um desses modelos.

Afinal, ainda servem de inspiração para muitos carros lançados nos últimos anos!

E não só de carros antigos é feita essa lista, trouxemos um bônus para você!

Bônus: Chevrolet Agile

Fora de Linha - Agile
Chevrolet Agile (crédito de imagem: Divulgação Chevrolet/ Gminnovates.ca)

O hatch compacto da Chevrolet foi lançado em 2009 e anunciado como fora de linha em 2016.

Sua missão era competir com um modelo que estava em alta na época, o Volkswagen Fox.

O Agile possuía um motor 1.4 8V Econo.Flex, podendo ser manual ou automático.

Ainda hoje é possível comprar alguns modelos usados por menos de R$40 mil.

Seja o Dono de Uma BMW Única

Compre o seu e-book e concorra a BMW 320i da Retornar!

Artigos relacionados
Carros

Uma Jornada Histórica do Fiat 500: Do Passado ao Presente

6 Mins de leitura
Descubra o legado do Fiat 500: um ícone da mobilidade urbana, agora eletrificado com o novo Fiat 500e. O futuro da cidade chegou!
Carros

Chevrolet Bel Air: Uma Jornada de Estilo

6 Mins de leitura
Desvende a história do Chevrolet Bel Air, desde suas primeiras gerações até o lendário Bel Air de 1957. Saiba por que esse ícone automobilístico permanece vivo no coração dos amantes de carros clássicos.
Carros

Marea Turbo: Falha da Fiat ou Joia Incompreendida? Descubra!

7 Mins de leitura
Conheça o Fiat Marea Turbo, um ícone de alta performance brasileiro, e descubra por que ele é lembrado pelos entusiastas de carros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *