fbpx
Carros

Ford Ranger: história, versões e muito mais

O nome Ranger, traduzido para o português, significa algo relacionado a guarda ou patrulheiro, ou seja, um carro que sempre está por perto do seu dono. Esse foi um dos objetivos que a Ford teve ao lançar esse modelo no mercado americano.

Muitos estudos apontam que existia espaço no mercado para o lançamento de uma picape abaixo da série F, considerada líder de vendas da Ford e um dos modelos de carros mais vendidos até os dias de hoje.

Essa picape poderia ter dimensões menores, ser mais leve e ainda mais econômica, além de ser aerodinâmica também. Esses detalhes eram muito importantes para a época, afinal, a crise do petróleo era uma realidade nos anos 70.

Se você deseja conhecer um pouco mais sobre a história da Ford Ranger no mercado, como ela começou a ser fabricada, maiores curiosidades e algumas de suas versões, acompanhe as informações que trouxemos a seguir:

Chegada da Ford Ranger no mercado

Ford Ranger de 1983 / Fonte: Divulgação/Buffalo Cars

O Ford Ranger chegou ao mercado americano no ano de 1983, pesando cerca de 1.150 kg com cerca de 80cv. No começo esse modelo era oferecido apenas com a opção de cabine simples, e sua caçamba estava disponível em dois tamanhos: 1,5 metros ou 1,8 metros.

Essas duas opções vinham com câmbio manual de quatro marchas ou câmbio automático, que estava disponível para as versões de 2,3 litros. Por conta da alta demanda do mercado, tempos depois a opção de tração 4×4 chegou também, além dos motores de 2.2 a diesel e 2.8 V6.

Novas versões e mudanças na Ford Ranger

Ford Ranger de 1989. Fonte: Car.info

Em 1989, a Ford Ranger passou por reestilização, onde a primeira geração parou de ser fabricada, em 1993, para que a segunda versão chegasse ao mercado, sendo ainda mais moderna e renovada.

Essa segunda versão foi apresentada no Salão do Automóvel em 1994 e foi lançada no mercado em 1995 nas duas versões: cabine simples e cabine estendida, onde os bancos de trás eram pequenos e retráteis.

Ranger de 1994. Fonte: Ford/Divulgação

Essas duas versões eram equipadas com o motor V6 4.0, tinha capacidade de suportar até 650 kg de carga e também tinha freios ABS traseiros. Tempos depois, a versão XLT intermediária chegou ao mercado, e com ela, a Ford Ranger sofreu algumas reformulações na parte interna, ganhando novo painel, lateral de porta, volante e outros detalhes.

Uma das maiores preocupações que a Ford Ranger tinha na época era trazer luxo, conforto e boa dirigibilidade em um carro de passeio, mas sem deixar a robustez da picape usada no campo de lado. Esse era um dos maiores diferenciais desse modelo para outros da concorrência.

No ano de 1997, a Ford Ranger passou a ter nacionalidade argentina também, e era produzida em Buenos Aires. Com isso, a primeira renovação no visual chegou ao Brasil apenas na linha de 1998, quase junto com o mercado americano.

Foi nessa época que a Ford Ranger teve o seu lado bruto mais realçado, onde a capacidade de carga passou a ser maior, podendo suportar até 1.100 kg, a altura do solo era maior, tinha cabine dupla e também a opção de tração em todas as rodas, além do motor a diesel.

Modernizações nos anos 2000

Ford Ranger de 2005. Fonte: Ford/Divulgação

Depois que passou alguns anos, a Ranger passou por novas modernizações, justamente para conseguir acompanhar a concorrência. Em 2004, a linha 2005 da picape chegava ao mercado, com um visual tanto na parte da frente quanto na parte de trás remodelados.

Isso aconteceu para que a Ford Ranger pudesse ficar parecida com a identidade visual da marca, principalmente para os modelos maiores, que eram um pouco mais diferentes. O carro também sofreu mudanças na parte interior.

Assim, mesmo depois de ter passado por uma reestilização, a mecânica da Ford Ranger não foi alterada, tendo 2.3, 16V e 4.0 V6 movido a gasolina, além do motor 2.8 movido a diesel.

Depois de 6 meses, o motor 3.0 Power Stroke Eletronic a diesel chegou na Ford Ranger, sendo uma opção muito mais econômica, potente e moderna, principalmente quando comparada ao motor antigo, de 2.8.

Na linha de 2010, a Ford Ranger sofreu as últimas reformulações em seu visual dentro dessa geração, onde a frente e a traseira eram inéditas, além dos novos detalhes nas rodas, nas maçanetas externas, nos retrovisores, no interior e outros detalhes.

Ford Ranger de 2010 Cabine Simples. Fonte: BlogAuto

Ainda assim a mecânica não sofreu alterações, ou seja, a nova Ranger de 2010 teve redução nos valores das suas versões, fazendo com que esse modelo fosse ainda mais competitivo no mercado e tivesse novas configurações na versão, mas sempre tendo opções de tração nas 4 rodas e cabine simples ou dupla.

Curiosidades sobre a Ford Ranger

Existem algumas curiosidades que também envolvem a Ford Ranger no mercado, como por exemplo, ela ser a única Pick-Up média do mercado que possui a função de breadcumb em seu navegador.

Essa função ajuda o motorista a voltar pelo mesmo caminho que ele foi, principalmente em regiões que não possui mapa, sendo muito utilizadas no off-road. Essa curiosidade foi mostrada pela própria fábrica da Ford.

A versão off-road da Ranger Raptor, que possui esse recurso, passou a ser vendida no mercado nacional com uma central multimídia SYNC 3, apenas a partir da versão XLT.

Ford Raptor de 2023. Fonte: Divulgação Ford/Motor1

Outra curiosidade interessante é sobre o assistente de frenagem, que possui capacidade de detectar pedestres, sendo um recurso exclusivo da categoria. Com as câmeras instaladas no seu para-brisa e um radar, o motorista consegue evitar colisões com pedestres e outros veículos que possam cruzar o seu caminho acidentalmente.

A câmera frontal também possui objetivo de monitorar o motorista e sua condução, onde, em algum caso de direção irregular, um ícone é mostrado no painel, recomendando que uma parada para descanso seja feita.

O design da Ford Ranger também é um detalhe que continua chamando a atenção dos condutores, não só pela sua beleza, mas principalmente por ter sido projetado para que a aerodinâmica do carro fosse melhorada, inclusive em velocidades mais altas.

Além disso, esse modelo também possui uma chave de segurança, permitindo que a velocidade seja limitada, limitar o volume do rádio e reconhecer chamadas de telefone.

Promo do Troller

Esse Troller T4 XLT pode ser SEU!

Compre o seu e-book e participe!

Artigos relacionados
Carros

O Primeiro Mustang: Uma Revolução Sobre Rodas

4 Mins de leitura
Conheça a trajetória do lendário Ford Mustang, do protótipo ao sucesso global.
CarrosNotícias sobre o Mundo Automotivo

Ford Ranger Raptor 2024: O Que Você Precisa Saber?

2 Mins de leitura
Descubra a Ford Ranger Raptor: uma picape poderosa com motor V6 3.0 Bi-turbo, amortecedores FOX Racing e capacidade off-road excepcional.
Carros

Como Concorrer A Uma Ford F-250 em Poucos Cliques

3 Mins de leitura
Se você é um verdadeiro apaixonado por veículos clássicos e robustos, está no lugar certo. Apresentamos a oportunidade de concorrer e ter a chance de possuir uma Ford F-250 XLT 4×4 Turbo, uma verdadeira máquina…